Wednesday, May 21, 2014

Carta de Oscar Rojas e respuesta por el post «Cartones "de paz"»

O meu lema é a do Mestre da Caricatura Portuguesa Raphael Bordallo Pinheiro em que defende que o humorista gráfico de imprensa “deve ser oposição aos governos e oposição às oposições”.
Não sou contra a Venezuela e muito menos contra Cuba como o Sr. diz.
Na verdade não acredito que haja verdadeira “liberdade de Expressão” na América do Sul, como na América do Norte, em África na Ásia ou na Europa e muito menos em Portugal, apesar de se dizer que vivemos em democracia. O “Politicamente correcto” é uma das formas mais hipócritas de fazer censura e em Portugal é frequente a censura (economicista, de lóbis, de máfias…).
Não tenho, nem devo ter, o hábito de perguntar aos artistas a sua cor política, se são pagos pela CIA, KGB, Merkel, Cavalieri…. Em humor todos têm a liberdade de expressar as suas ideias, e nós de as filtrarmos com o nosso bom senso do riso.
Um dos maiores Homens da Política portuguesa a quem muito admiro, Álvaro Cunhal, dizia: “Sendo eu um comunista, às vezes oiço uma piada anticomunista, muito injustas, mesmo caluniosas, mas digo para mim: Têm piada, os malandros! Assim o tivéssemos nós falando deles. Fazem-nos falta bons humoristas”. Um verdadeiro Homem, um verdadeiro Político não é o que persegue quem o critica, antes o contradiz com a sua actividade no dia a dia.
Desconheço na verdade o humor Venezuelano, nem sem se há muitos ou poucos humoristas já que nos meus 33 anos de actividade, com mais de 400 eventos apenas tive a participação de uns dois ou três artistas Venezuelanos. Este ano organizo precisamente um Salão sobre o tema da Liberdade e seria uma boa forma de vocês mostrarem o vosso pensamento ao mundo.
Em nome dessa liberdade de expressão e pensamento, e para que todos conheçam a sua indignação contra os alvos que critica publicarei no mesmo blog a sua carta.
Viva a Liberdade de expressão, viva a Liberdade de pensamento, viva acima de tudo o humor e a irmandade dos humoristas.


Sr. Oswaldo de Macedo Souza,
Veo en su blog Humorgrafe una convocatoria llamada irónicamente Cartones "de paz" para Venezuela. Pero está basada en la falsa matriz de opinión de que en mi país no hay libertad de expresión, que se violan los derechos humanos. Convocan reconocidos caricaturistas de periódicos de ultra derecha, enemigos declarados de todo gobierno que promueva cambios sociales en Latinoamérica.
Le escribo porque he visto su blog en muchas ocasiones, y sé que usted es organizador de una bienal de Humor en Portugal. Le digo respetuosamente que no entiendo cómo una persona que hace un trabajo respetable por el humor pueda prestarse para apoyar la sucia campaña internacional contra Venezuela organizada desde el Pentágono, EE.UU.
Aunque viéndolo bien, no me extraña tanto cuando veo que también publicita en su blog una web de humor de las mafias anticubanas de los EE.UU.
Acogiendo la convocatoria de "paz para Venezuela", le envio adjunto mi aporte a este tema, por favor lea con atención estos cuatro puntos:
1) Estas fotos fueron tomadas de videos que los mismos protagonistas grabaron y luego pusieron en Youtube. Esto último talvez lo hacen para justificar la paga que reciben.
2) Por qué no les pregunta a su amiga Rayma (que no es cualquier caricaturista sino editora gráfica del diario ultra derechista El Universal, de Caracas), pregúntele por qué los manifestantes opositores (muy pocos son estudiantes) han quemado 16 universidades y muchas bibliotecas de su propio país?.
3) También han incendiado estos opositores edificios donde funcionaban guarderías infantiles del gobierno, con niños adentro. Queman vehículos de transporte público con gente adentro.
4) Para no alargar la lista de sus desmanes, pregúnteles también porqué no asumen su responsabilidad y prefieren culpar al gobierno de todas las muertes y destrozos que causan en sus protestas.
Cordial saludo,

Oscar Rojas.

Comments: Post a Comment

Links to this post:

Create a Link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?