Monday, November 26, 2012

Álbum de Arte sobre Fernando Correia Dias (Penajoia - Lamego 1892 / Rio de Janeiro 1935)

A editora Batel, nos proximos dirá colocará nas bancas o álbum "Correia Dias, um poeta do Traço" da autoria de Osvaldo Macedo de Sousa, com o patrocinio da "Solombra".
Com este álbum de arte o Brasil redescobrirá o grande mestre do modernismo gráfico, um pioneiro que em Coimbra, com Christiano Cruz, Cerveira Pinto, Luiz Filipe e Balha e Melo deu um novo rumo às artes portuguesas. A partir de 1914, esse contributo será realizado em terras cariocas, já que foi nessa data que emigrou para o Rio de Janeiro. Aqui se estabeleceu, casando-se depois com a poetisa Cecília Meirelles. No Rio não só deu o seu pequeno contributo na arte da caricatura e do humor, como foi um pioneiro no design gráfico da imprensa, do livro, da ilustração, do ex-libris, da publicidade como nas artes decorativas. Cerâmica, tapeçaria, marcenaria, decoração de interiores e de jardins... revolucionário no âmbito da arte decô - marajoara a sua obra esteve esquecida desde a sua morta, em 1935. É tempo de redescobrir este grande mestre das artes do séc. XX.

Comments: Post a Comment

Links to this post:

Create a Link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?