Sunday, April 22, 2012

World Press Cartoon 2012: Ares e Egil Nyhus são os vencedores

Autor norueguês venceu com uma caricatura do antigo director do FMI, Dominique S
Autor norueguês venceu com uma caricatura do antigo director do FMI, Dominique Strauss-Khan Egil Nyhus
Um bombardeamento aéreo com bombas em forma de tocha da estátua da Liberdade valeu o prémio ao cubano Ares

Exposição

World Press Cartoon 2012: Ares e Egil Nyhus são os vencedores

Exposição do World Press Cartoon inaugura no sábado no Museu de Arte Moderna, em Sintra, e fica patente até 30 de Julho
Texto de Lusa • 21/04/2012 - 13:31

O artista cubano Ares e o norueguês Egil Nyhus venceram este ano, ex-aequo, o Grande Prémio do World Press Cartoon 2012, foi anunciado na sexta-feira em Sintra pela organização do salão de humor gráfico de imprensa.

Este ano, o júri decidiu atribuir o Grande Prémio a dois autores, que repartirão um galardão monetário de 20 mil euros. O cubano Arístides Esteban Guerrero, conhecido por Ares, foi premiado na categoria de “cartoon editorial” com um trabalho publicado em Outubro passado no jornal cubano Juventud Rebelde no qual se vê um bombardeamento aéreo com bombas em forma de tocha da estátua da Liberdade.

O Grande Prémio de Ares é repartido com o autor norueguês Egil Nyhus, premiado na categoria de “caricatura”, para a qual concorreu com um retrato caricaturado do antigo director do FMI, Dominique Strauss-Khan, apresentado como um porco-mealheiro atrás das grades. A caricatura foi publicada em Maio de 2011 no jornal norueguês Romenikes Blad.

Ares e Egil venceram o primeiro prémio das respectivas categorias, acumulando depois com o Grande Prémio. Na categoria de Desenho de Humor, o primeiro prémio foi atribuído ao romeno Pavel Constantin com uma imagem de uma assembleia universal de animais que estão sentados em barris com substâncias nucleares. O segundo e terceiro prémios de desenho de humor foram para Turcios e Agim Sulaj, respectivamente.

Na categoria de “caricatura”, o segundo e terceiro prémios foram para Carbajo e Riber Hansson, respetivamente, enquanto na categoria de “cartoon editorial” foram distinguidos o espanhol David (segundo lugar) e Goran Divac (terceiro lugar).

Este ano, a organização do World Press Cartoon recebeu 861 cartoons e 402 candidaturas de 56 países. Dessas foram seleccionadas 343 desenhos de 260 autores, incluindo todos os premiados, para a exposição anual que inaugura no sábado no Museu de Arte Moderna, em Sintra, e que ficará patente até 30 de Julho.

Os temas que atravessam este ano os trabalhos apresentados são a crise económica europeia, o desastre nuclear de Fukushima, as primaveras árabes e a polémica com o antigo director do FMI, Dominique Strauss-Khan. O júri que selecionou as obras integrou o cartoonista português António Antunes, o francês Jean Mulatier, a norte-americana Lisa Donnelly, o espanhol Fernando Puig Rosdo e o holandês Peter Nieuwendijk.

Comments: Post a Comment

Links to this post:

Create a Link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?