Thursday, June 30, 2011

CAMINHOS DO TRAÇo Por Francisco Puñal Suárez



En el proyecto Caminhos do Traço, apoyado por el gobierno del estado de Sao Paulo, Brasil, con su Programa de Acción Cultural, los dibujantes Fernandes, Gilmar y Custódio recorren escuelas, bibliotecas y ferias literarias, de cinco ciudades, para llevar, a niños y adultos, los conocimientos del lenguaje de la historieta, la caricatura y la ilustración, propiciando que se amplie cada vez más el universo de los lectores y la afición al dibujo. Esta iniciativa, inspirada en la reciente adopción, por gobiernos y escuelas, de libros de historietas para incrementar la lectura y el estudio, pretende propiciar más herramientas interpretativas para los beneficiarios de este amplio material.Los tres artistas brasileños, en estas giras que incluyen las ciudades de Avaré, Votuporanga, Santos, Santo André y Limeira, muestran cómo hacen su trabajo con lecciones prácticas, proyección de videos y realización de actividades interactivas, donde los niños principalmente dan rienda suelta al dibujante que llevan dentro.
Con respecto a esta actividad, Gilmar nos explica:
Vou explicar um pouco de como é o Projeto de oficinas e palestras para crianças e também adultos feito em escolas e bibliotecas do estado, cujo nome é: "Caminhos do Traço" Trata-se de um projeto patrocinado pelo Governo do Estado de São Paulo onde tivemos apoio em dinheiro para percorrer 6 cidades do estado dando oficinas e palestras para essas crianças.Somos em 3, eu o Fernades (maestro da caricatura) e o Custódio. Nas oficinas, ensinamos os primeiros passo e linguagens das artes gráficas e como realizamos nosso trabalho no dia a dia. Mostramos videos de nosso trabalho e fazemos varias atividades interativas. No final de cada evento, sempre dividido em dois dias, distribuímos os livros "Caroço No Angu" de minha autoria também patrocinado pelo governo do estado e o livro "Anita Garibaldi em quadrinhos" de autoria do Custódio, o Fernades faz caricaturas ao vivo dos particIpantes. Com a distribuição dos livros propomos uma leitura solidária que é ler e depois trocar com outras pessoas para lerem também. ¿Es primera vez que hacen esta actividad en las escuelas o ya la han hecho con anterioridad? -Não. Já fiz outras oficinas com crianças até mais novas que essas com idade de 7 anos também. Antes eu tinha um preconceito eu não curtia essa idéia de professor, achava que não combinava comigo e que eu não conseguiria passar as informações. Mas depois descobri que é uma atividade bacana e acabamos aprendendo muito além de nos surpreender com as crianças.

¿Cómo son recibidos en las escuelas?
-Somos recebido com muita espectativa e curiosidade por parte das crianças, querem saber como fazemos nosso trabalho e como é a mecanica de criação, finalização, colorização e publicação dos desenhos no jornal ou revista. Nos recebem com muito carinho e ficam muito agradecidos no final por mostrarmos coisas meio mágicas como é a execução de um desenho gráfico. ¿Cómo reaccionan las crianças con estas actividades? -Ficam muito atentas no que mostramos, percebemos que é uma atividade que causa surpresa, propomos atividades interativas e todos participam e o mais interessante é que o resultado é sempre surpreendente, perguntam muito como criamos os desenhos como colorimos. É uma atividade bem diferente doquelas que eles estão acustumados no dia a dia como matemática, historia, etc.

O desenho é meio mágico e eles ficam encantados com isso. ¿En qué horario hacen estas actividades?
- Geralmente nos adaptamos a cada realidade, as vezes de manhã, as vezes a tarde e também no final de semana.Este projeto foi elaborado para atender a mesma turma duas vezes em dois dias seguidos com 3 horas por dia.
¿Cuántas escuelas ya han visitado?
Neste projeto já visitamos 5 cidades com 6 turmas entre escolas, bibliotecas e gibitecas. É o que propomos na elaboração do Projeto Caminhos do Traço, estas visitas foram especificamente no estado de São Paulo pelo apoio ser do Governo do Estado dentro de um incentivo de nome ProAC (Programa de Ação Cultural) ¿Harán una exposición con los dibujos de las crianças?
Não chegamos a fazer exposição, talvez num projeto futuro entra essa idéia como também uma publicação de revista ou fanzine com o resultado dos desenhos das oficinas.
¿Cuál es vuestra opinión de estas actividades? ¿Qué hay de positivo?
 Primeiro é dismistificar esse tipo de trabalho, depois incentivar varias crianças que tem talento e que nunca tiveram uma oportunidade de saber como funciona a mecanica do desenho e ter um contato com profissionais que trabalham na area e um privilégio. Outra coisa interessante é que a criança passa a ter um contato melhor com a produção desse tipo de material, vai saber ler melhor uma historia em quadrinhos, vai interpretar melhor um cartoon, vai entender melhor a linguagem adotado para esse tipo de atividade. O governo brasileiro de alguns anos para cá tem comprado muito livro em quadrinhos, isso hoje faz parte das bibliotecas publicas então as crianças vão pegar esse material e saber como foi e de que maneira foi produzido. Além disso aprendemos muito, digo quie é muito gratificante.

¿Estas actividades tendrán un seguimiento?
- Eu particularmente espero que continue, o Custodio elaborador do projeto deve apresentar novamente e ficar aguardando pela aprovação, aí pdoemos continuar com as atividades no proximo ano. Tem muita criança espalhada por ai que merece esse tipo de contato e informação.
http://caminhosdotraco.wordpress.com/

Comments: Post a Comment

Links to this post:

Create a Link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?