Monday, March 29, 2010

A23 prepara o “jornal do Vasco” O Cão

por Ana Marcela
A editora A23 está a preparar o lançamento do jornal satírico O Cão. Ricardo Paulouro, um dos mentores do projecto, juntamente com o jornalista Tiago Salazar e o cartoonista Vasco de Castro, descreve ao M&P o jornal como “sem trela e sem coleira”.
O número zero do jornal do Cão (que “não morde para não ser envenenado, mas rosna”, como diz no subtítulo), que se pretende que tenha uma periodicidade mensal – haja receptividade no mercado – saiu na última edição da revista trimestral A23, mas a 23 de Abril o objectivo é colocar em banca 10 mil exemplares de um jornal de 16 páginas “impresso a quatro cores”, com um preço de capa de 2 euros.
O objectivo é fazer um tipo de jornalismo que em Portugal “já teve algum fulgor e que já não há: o jornalismo satírico”, explica ao M&P o cartoonista Vasco de Castro. “Na Primeira República havia na imprensa essa tradição, com excelentes escritores e ilustradores, estranhamente agora já não há”, diz o cartoonista, considerando que o que existe no mercado faz apenas “uns jogos de salão relativamente inócuos”. O Cão “não é a enciclopédia do Vasco. Não sou o Herman José”, comenta Vasco de Castro quando questionado sobre os conteúdos do jornal, frisando que além da equipa fundadora e central, o título contará com o contributo de “rapaziada que vai aparecendo”.
Inspirado em imprensa satírica que em países como Espanha ou França (Le Canard Enchaîné) têm grande expressão, O Cão, acredita o cartoonista, irá viver sobretudo da venda em banca, já que este tipo de títulos, diz, “não tem um casamento pacífico” com a publicidade. Objectivos de venda em banca não foram revelados. O Cão vai imprimir na Mirandela e será distribuído pela Vasp.

Comments: Post a Comment

Links to this post:

Create a Link



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?